Gestão de Riscos: As novas tendências e o Modelo de Negócio


De tempos em tempos, surgem novas tendências para salvar o planeta, salvar os seres humanos, salvar a qualidade dos produtos, salvar a vida ou salvar o negócio. Normalmente, eles são muito bem-vindos e podem agregar algum valor real às instituições públicas e privadas. No entanto, eles não podem ser adotados sem levar em consideração algumas ressalvas. As advertências vêm do próprio modelo de negócios das organizações e às vezes tendem a ser relegadas a segundo plano.



O modelo de negócios é o rei em qualquer organização. Define a proposta de valor e a missão, o mercado-alvo, os recursos críticos, as principais fontes de receitas, a estrutura básica de custos, as atividades críticas, os principais canais de abordagem ao mercado, etc... O modelo de negócios é construído após uma profunda análise crítica e análise de diferentes perspectivas de diferentes pessoas. Portanto, espera-se que seja a orientação mais importante para qualquer organização. É a pedra angular da estratégia da organização. O modelo de negócio é considerado de suma importância, principalmente, pelo fato de ter sido idealizado pelos fundadores do negócio quando o negócio foi desenhado.


O modelo de negócios deve durar por um longo período de tempo (basicamente enquanto a organização perdurar). No entanto, pode e deve ser revisto periodicamente para ser atualizado de acordo com as novas exigências do mercado e acomodar as novas tendências sociais, políticas e econômicas. A revisão regular de seus modelos de negócios permite que as empresas estejam alinhadas com o mercado e estejam um passo à frente de seus concorrentes.


Não obstante a necessidade de estar atenta às novas tendências, as organizações não devem perder o foco em seus modelos de negócios ou em seus valores fundamentais. Portanto, elas precisam garantir que qualquer nova tendência, melhor prática ou mesmo uma nova regulamentação seja contrastada com seus modelos de negócios. Se seus modelos de negócios ou algum de seus princípios básicos podem ser prejudicados pelas novas tendências ou pela nova regulamentação, elas precisam rever e repensar seus modelos de negócios.

Revisar ou repensar modelos de negócios implica em fazer uma análise crítica profunda. Às vezes, significa abandonar uma linha de serviço ou um nicho de mercado ou uma geografia específica para manter o mesmo modelo de negócio intacto. Às vezes, significa repensar todo o modelo de negócio ou incorrer em um tipo de risco que pode destruir todo o negócio.


Qualquer mudança importante ou uma nova melhor prática que tenha impacto na cultura organizacional deve ser analisada com prudência. Se a organização for baseada na meritocracia, os sistemas de cotas podem erodir fortemente sua cultura organizacional. O sistema de cotas causa enormes distorções nos sistemas meritocráticos e causa uma enorme descrença no senso de igualdade da organização. Se a organização tiver filiais em alguns países muçulmanos, a política de inclusão pode ser considerada um grande problema nestes países. Não é razoável acreditar que o país anfitrião irá se adaptar à cultura da empresa, mas sim o inverso. É uma utopia achar que uma sociedade inteira irá mudar o seu modo de pensar e de agir porque chegou uma empresa ocidental no país. Se a organização adotar políticas verdes extremas sem levar em consideração os custos para isso, pode inviabilizar algumas linhas de produtos ou até mesmo o seu modelo de negócio.


Certamente, as melhores práticas e regulamentações como GDPR, ESG, Compliance podem melhorar muito a sustentabilidade geral do negócio. No entanto, adotar qualquer um deles “ipsis litteris” sem analisar as reais consequências para o modelo de negócio pode causar uma destruição massiva de valor para o próprio negócio. Estar na moda de acordo com as melhores práticas é legal, mas ser prudente e realista é melhor ainda.



Nelson Ricardo Fernandes da Silva é um Executivo da área de Gestão de Riscos e Seguros com: Curso de Gestão de Riscos e Compliace em Harvard, Certificado em Riscos e Seguros pela ALARYS Associacion Latino e Americada de Riesgos Y Seguros MBA com eletivas em strategy em Manchester Business School.

 

MASTERCLASS EM GESTÃO DE RISCOS

06/10 às 20h


Inscreva-se para a nossa próxima MasterClass em Gestão de Riscos, diretamente da Europa com o Nelson Ricardo.


Venha bater um papo sobre Gestão de Riscos conosco, abordaremos os principais pontos de um Programa de Gestão de Riscos. Você não pode ficar de fora! Aguardamos você no dia 06/10 às 20h na nossa Masterclass! Link para inscrição: https://lnkd.in/dBRNWmyQ






46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo